Conheça Os ‘Zuckerbergs’ Latino-americanos; Brasileiro

27 Nov 2018 06:11
Tags

Back to list of posts

social-media-logos-100339762-orig.jpg

<h1>T&eacute;cnico Da Coreia Destaca Porte F&iacute;sico Dos Suecos: 'Tiraram Vantagem'</h1>

<p>Sejamos francos: o Barcelona n&atilde;o competiu pela &uacute;ltima temporada. S&oacute; tornou a luta no Espanhol minimamente equilibrada quando deixou a Liga dos Campe&otilde;es. Reduziu a vantagem do Real Madrid para tr&ecirc;s pontos por causa de no confronto direto no Bernab&eacute;u o rival, com um homem a menos, resolveu se mandar para o ataque e deu espa&ccedil;os para Messi matar o cl&aacute;ssico num contragolpe. A rigor, o time catal&atilde;o hoje simboliza um futebol jeitoso, cultuado no mundo todo e atra&ccedil;&atilde;o tur&iacute;stica da cidade.</p>

<p>No entanto que nos grandes jogos, quando o advers&aacute;rio reduz os espa&ccedil;os, &eacute; um time sem grandes ideias, com um estilo neste instante mapeado e bloqueado pelos rivais mais poderosos e que dependia basicamente do talento de seu trio de atacantes sul-americanos. MSN que perdeu o “N” e que procura no mercado com urg&ecirc;ncia um subcessor - Dembel&eacute; do Borussia Dortmund e/ou Philippe Coutinho. Entretanto repor Neymar com um ponteiro ou meia rapidamente e habilidoso n&atilde;o basta. Visto que Messi parece ainda mais desconectado desse futebol atual de intensidade e ataque de espa&ccedil;os. Como um “&uacute;ltimo rom&acirc;ntico”. Repare no argentino em campo. Trota vagarosamente, &agrave;s vezes caminha sem a bola.</p>

<p>No momento em que esta chega a ret&eacute;m com tua t&eacute;cnica &iacute;mpar e define: toca ou cota, quase a toda a hora da meia direita na dire&ccedil;&atilde;o da &aacute;rea advers&aacute;ria. S&oacute; acelera com a posse para buscar a jogada individual at&eacute; a finaliza&ccedil;&atilde;o ou auxiliar um companheiro. Na temporada 2016/2017 ele quase s&oacute; teve a op&ccedil;&atilde;o de Su&aacute;rez por este tipo de jogada.</p>
<ul>
<li>Liste as a&ccedil;&otilde;es programadas na corpora&ccedil;&atilde;o</li>
<li>Fa&ccedil;a um planejamento estrat&eacute;gico detalhado</li>
<li>vinte exemplos e sete dicas de cart&atilde;o de visita de sal&atilde;o de boniteza</li>
<li>Pessoas preferem uma forma visual de dica sobre isso S.e.o. (otimiza&ccedil;&atilde;o para sites de buscas)</li>
<li>Atendimento ao P&uacute;blico e ao Comprador</li>
<li>Clique no bot&atilde;o “compre agora”. logo abaixo, e preencha o formul&aacute;rio com seus dados</li>
<li>1990 - O Raio sobre o L&aacute;pis</li>
</ul>

<p>Pelo motivo de Neymar estava muito aberto pela esquerda pra buscar a linha de fundo, Rakitic oscilou muito, Iniesta de imediato est&aacute; pela reta encerramento da carreira e Andr&eacute; Gomes muito improvavelmente se apresentou como uma alternativa segura. &Eacute; a&iacute; que entra Paulinho. Op&ccedil;&atilde;o question&aacute;vel por j&aacute; estar com vinte e nove anos, a mesma idade de Rakitic, vir da China e ter como &uacute;nica experi&ecirc;ncia na Europa um “flop” gigantesco no Tottenham. O valor de em torno de 40 milh&otilde;es de euros na negocia&ccedil;&atilde;o, a quarta superior da hist&oacute;ria do Bar&ccedil;a, assim como soa um excesso, mesmo que os 222 milh&otilde;es de euros recebidos pela venda de Neymar inflacione naturalmente o mercado do clube.</p>

<p>Se o Barcelona queria o italiano Marco Verratti do PSG e perdeu Neymar, que antes de sair pediu a contrata&ccedil;&atilde;o do colega de sele&ccedil;&atilde;o brasileira, qual a justificativa do interesse? Exatamente pelo motivo de Paulinho mostrou no Brasil de Tite que, num trio de meio-campistas como o Bar&ccedil;a adora atuar, poder&aacute; ser marcador e tamb&eacute;m ofensivo.</p>

<p>O volante que ajudou Fernandinho, agora com cart&atilde;o amarelo, a parar Messi no Mineir&atilde;o e o meia infiltrador que foi o primeiro a marcar 3 gols no Uruguai em Montevid&eacute;u. Os vinte e cinco gols pelo Guangzhou Evergrande chamam mais aten&ccedil;&atilde;o que as 5 assist&ecirc;ncias em 95 jogos. Apesar da filosofia de valoriza&ccedil;&atilde;o da posse de bola, n&atilde;o foi o passe de Paulinho que atraiu a aten&ccedil;&atilde;o de seu novo clube, contudo a pr&aacute;tica. Desta forma a declara&ccedil;&atilde;o do treinador Ernesto Valverde: “N&atilde;o existe outro jogador como ele pela equipe. Pode nos conceder versatilidade”. Sinal de que o Barcelona quer seguir a onda do futebol mundial, liderada pelo Real Madrid, de ter jogadores capazes de alternar os ritmos e as propostas de jogo conforme a necessidade.</p>

<p>E tal como participa cada vez menos na recomposi&ccedil;&atilde;o e at&eacute; na press&atilde;o desta maneira que a bola &eacute; perdida, existe um jogador incans&aacute;vel para correr por quem ter necessidade de. Que ainda tem estatura para colaborar nas jogadas a&eacute;reas, pela defesa e no ataque. O Barcelona podia ter investido no marfinense Jean Seri, do Nice. O “Xavi africano” segundo o respectivo meia catal&atilde;o. Ou apostado em Carles Ale&ntilde;&aacute;, joia de La Masia que tem a filosofia de jogo no sangue, como o titular pra resguardar Iniesta como fez com Xavi em sua &uacute;ltima temporada no clube.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License